Notícias

Os 1000 Tsurus de Carlos Kubo

Intitulada ‘‘1000 Tsurus’’, a mostra tem como inspiração,  a lenda do tsuru (cegonha) e a história de Sadako Sasaki, que ficou doente devido a uma chuva radioativa causada pela explosão da bomba atômica durante a 2ª Guerra Mundial. Um dia, Sadako ganhou um tsuru de origami de uma amiga, que contou que quem fizesse mil tsurus teria um desejo realizado pelos deuses.  A jovem Sadako partiu antes de completer os mil tsurus. Em sua homenagem, foi construído o Monumento da Paz às crianças no Parque Memorial da Paz na cidade de Hiroshima. 

Lenda do tsuru
Diz a lenda que um pescador encontrou uma cegonha machucada à beira da morte, e cuidou do animal até a sua recuperação. Tempos depois, uma moça presenteou o homem com um tecido feito com penas de tsuru. O homem vendeu o tecido e pediu mas tecido para a moça, que foi ficando cada dia mais fraca. Um dia, ele decidiu segui-la e viu que a moça, na verdade, era a cegonha que havia salvo, tirando suas últimas penas para tecer o tecido. Quando se aproximou, o tsuru se transformou na moça, que já sem forças não conseguiu ficar em sua forma humana. Culpado com que havia feito, o pescador começou a oferecer o origami para que as pessoas praticassem a gratidão.


A exposição de Carlos Kubo traz quadros de dimensões variadas em acrílico sobre tela e esculturas de chapa de ferro e massa de acrílico. Natural de Lins, interior de São Paulo, Kubo reside há cinco anos em Londrina. Ele é formado em artes plásticas pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo e já teve obras expostas no Japão, nos Estados Unidos e na Argentina. 


Estágiaria Aline Schmidt com orientação da assessorial de imprensa da Expo Japão 2018

Durante os quarto dias da Expo Japão 2018,  os visitantes poderão apreciar toda a riqueza da cultura oriental e uma das atrações é a exposição do artista plástico Carlos Kubo. 

Nobuhiro Hirata expo japao